terça-feira, 9 de novembro de 2010

Hemoptise (de Marcos Salvatore)

by Caravaggio

Ainda moleque me senti sozinho pela última vez
Aos sete anos me joguei de um vigésimo segundo andar, durante um ano, todo mês
Com dez me apaixonei: sofri, vomitei, me nem sei
Aos quatorze anos bebi veneno de rato, depois me masturbei
Com dezessete me apaixonei por comprimidos – sofri, vomitei, me nem sei
Depois o amor, a culpa, a vontade, a idade...
Aos vinte e um não tive coragem de cortar os pulsos, não me pergunte o porquê, que eu nem sei
Com vinte e oito me separei da ressaca – aquela puta escrota – pela primeira vez
Aos 31 descubro que ainda me restam três mandamentos de verdade.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...