terça-feira, 7 de dezembro de 2010

BORDADO (de Marcos salvatore)

by Albert Watson

Mantenha-se firme, não desapareça na próxima esquina
Daqui a pouco sim, de repente a gente se ama e se anima
Pensando melhor, pode ir, vá mesmo
Leve um pouco de alegria e distribua a esmo

Eu admito que não tenho sido muito sagaz
Mas de vez em quando a gente sempre sabe o que faz
Um dia pra ter medo e se encolher, um dia de paz
Outro pra sentar a mão na cara de quem for incapaz

Tem dia pra se apaixonar, pra chorar, pra ficar
Dizer por dizer, pensar por pensar
Agora mesmo, escrevendo, querendo, merecendo
Melhor se ligar no lance senão a gente acaba se perdendo

Estou melhor agora que você chegou, tão feliz
O serviço do tempo é te trazer sempre de volta
Não sou bom em te perder, nem te encontrar
Me amarro em fazer tipo, pra te ver desamarrar

Tem tanta coisa me enrolando, Baby
Tristeza, alegria, conflito, uma estrela
Eu sou um panaca, eu tô na mesma, eu tô por fora
Você já chegou lá, enquanto eu espero a minha hora

Só queria te fazer me entender, pelo menos uma vez
Dizer que eu amo você a cada hora, a cada dia, a cada mês
Pra depois me desentender com o seu gosto
Tendo que te provar de novo e de novo

Foi tudo muito bom, a gente sabe, a gente sente
O mundo é o que acontece, e a vida se enganou de corrente
O amor que eu vou levar é maior do que aquele que eu podia dar
Vou estar sempre aqui, só, esperando, que você acorde
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...